Petit Gateau (sem glúten, adoçado com melado, receita adaptada da Bela Gil)

img_1794

Oi, pessoal! Hoje vou compartilhar com vocês uma receita da Bela Gil que eu amei! Só mudei uma coisa: em vez de adoçar com açúcar mascavo, eu usei um pouquinho de melado (só uma colher de sopa, se quiser mais doce, use um pouco mais). E também usei um pouco menos de chocolate do que na receita original. É ótima pra matar aquela vontade de comer uma sobremesa no fim de semana!! Otto adorou. Servi com um sorvetinho de banana para ele (só banana congelada batida com iogurte natural).

Ingredientes:

– 1/4 de xícara de óleo de coco
– 100 gramas de chocolate 70% cacau picado
– 1 colher de sopa de farinha de linhaça
– 1/3 de xícara de água
– 1 colher de sopa de melado (se quiser mais doce, use um pouco mais)
– 1/3 de xícara de cacau em pó
– 1/3 de xícara de araruta

Modo de preparo

Derreta o chocolate com o óleo de coco em banho maria. Misture bem. Em uma tigela, misture os ingredientes secos e o melado. Acrescente a água e o chocolate derretido e misture vigorosamente com uma colher de pau até virar uma massa homogênea. Distribua a massa em forminhas de silicone e asse em forno pré-aquecido a 180 graus por cerca de 12 a 15 minutos. Retire do forno, desenforme e sirva ainda morno. Para mim a receita rendeu 3 bolinhos.

Anúncios

Bolo de Reis (sem glúten e adoçado com melado)

imgp1880

Eu deveria ter postado essa receita antes do Dia de Reis, mas não deu tempo, então estou postando com um pouco de atraso. Mas, mesmo tendo passado a data, vale super a pena fazer esse bolo. Aqui em casa todo mundo adorou! Eu fiz alguns ajustes na receita tradicional: usei farinhas sem glúten (farinha de arroz, araruta e polvilho doce) e adocei com melado. Ficou uma delícia, um dos melhores bolos da série sem glúten que já fiz.

Ingredientes:

  • 1 xícara e meia a 2 xícaras de frutas secas (eu usei damascos, tâmaras, ameixas e uvas passas)
  • Raspas de casca de 1 laranja
  • 3 colheres de sopa de conhaque ou suco de laranja para marinar as frutas
  • 200 g de manteiga
  • 3/4 de xícara de melado (eu usei melado e umas três colheres de uma geleia de pêra orgânica que tinha em casa para salientar o sabor frutado, no total de 3/4 de xícara, mas pode ser só melado ou mel)
  •  4 ovos (claras e gemas separadas)
  • suco de uma laranja
  • 1 xícara de farinha de arroz
  • 1/2 xícara de araruta
  • 1/2 xícara de polvilho doce
  • 01 colher de sopa de fermento em pó
  • 1/2 colher de chá de canela em pó
  • 1/3 de xícara de chá de nozes ou amêndoas picadas

Modo de preparo:

Coloque as frutas secas picadas e as raspas de laranja de molho no conhaque ou suco de laranja. Reserve. Na batedeira, bata a manteiga em temperatura ambiente até formar um creme. Continue batendo e junte o melado e as gemas uma a uma. Adicione o suco de laranja. Depois, vá acrescentando aos poucos as farinhas e o fermento. A massa vai ficar bem homogênea e cremosa. Desligue a batedeira, acrescente as frutas secas, a canela em pó, as nozes e as claras em neve. Coloque a massa em uma forma de furo central com 24 cm de diâmetro, untada e enfarinhada. Eu usei uma forma de silicone, nesse caso não é preciso untar. Asse no forno preaquecido a 200 ºC, durante 40 minutos ou até dourar. Deixe esfriar e desenforme. Decore com um pouquinho de açúcar de confeiteiro e frutas (eu usei só uma colher de chá de açúcar e umas cerejas frescas).

Panna Cotta de Mel

imgp1841

Gente, essa receita é uma delícia, super leve, ideal para esse calorão. Como vocês sabem, eu não uso açúcar refinado nas comidinhas do Otto, então usei mel para adoçar e ficou incrível! O gosto é super delicado, o mel quase não aparece.

Para a calda, usei uma de frutas vermelhas sem açúcar que eu tinha em casa, mas dá para usar qualquer calda que você queira (cozinhar uns morangos, cerejas, amoras, só com água, até ficar consistente ou então esse pêssego em calda que ensinei outro dia, ou essa compota de frutas). Vamos à receitinha?!

Ingredientes:

  • 2 xícaras ou 500 ml creme de leite fresco (usei nata)
  • 1/2 xícara de leite
  • 1 colher de sopa de gelatina em pó sem sabor
  • 3 colheres de sopa de água
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 3 colheres de sopa rasas de mel

Modo de preparo:

Coloque a gelatina em uma tigela e a água por cima e misture. Deixe hidratar. Enquanto isso, leve ao fogo baixo o leite, o creme de leite e o mel. Não deixe ferver, só esquentar até a mistura ficar líquida e tudo bem dissolvido. Desligue o fogo e junte a baunilha e depois a gelatina amolecida. Mexa bem, até dissolver bem a gelatina. Coloque em potinhos individuais e leve à geladeira por pelo menos umas 6 horas. Depois que firmar, pode colocar a calda de sua preferência e servir.

 

Bolinho de aipim com crosta de castanhas

imgp1659

Gente, eu tenho que ser sincera com vocês, não medi as quantidades para fazer essa receita, foi tudo no olho. Só que ficou tão gostosa que eu decidir compartilhar mesmo assim 🙂

Eu cozinhei uns 250 gramas de aipim até ficar bem macio. Amassei, coloquei um pouquinho de sal, pimenta, salsinha e cebolinha picadas. Fiz os bolinhos com a mão, passei em um ovo batido e depois em um punhado de castanhas do pará bem picadinhas. Fritei numa frigideira antiaderente só com um pouquinho de manteiga. Ele fica bem macio por dentro e crocante por fora, uma delícia!

Pêssego em calda (adoçado com mel)

imgp1552

Eu pesquisei muitas receitas de pêssego em calda e é bem difícil encontrar alguma que não leve açúcar nem adoçante. Então, resolvi criar esta com mel, que ficou um delícia! É uma super sobremesa, ainda mais agora para o verão, para comer geladinha. Uma sugestão é misturar com iogurte natural.

É super fácil de fazer. Eu descasquei e cortei na metade 8 pêssegos, descartando as sementes, claro. Coloquei em uma panela, cobri com água, acrescentei umas 3 colheres de mel bem cheias, um pau de canela e alguns cravos. Cozinhei só alguns minutinhos, só até o pêssego começar a ficar macio. Não pode cozinhar demais senão o pêssego desmancha. Depois, é só levar para a geladeira por algumas horas antes de servir ou, melhor ainda, deixar de um dia para o outro.

 

Quiche de carne e brócolis com massa de grão de bico (sem glúten)

imgp1441

Essa é mais uma variação de torta salgada que dá para fazer com aquela famosa massa de grão de bico que ensino aqui. A massa não vai trigo, só um pouco de farinha de arroz, grão de bico e um pouco de manteiga (ou ghee) e fica super saborosa e com a textura bem parecida com aquela “massa podre” de empadão.

Para o recheio eu refoguei carne moída com cebola, alho, um pouquinho de sal e pimenta, brócolis, tomate e salsinha. Depois de pronta a massa, abri em um refratário, coloquei a carne moída preparada por cima e cobri com fatias de queijo muçarela. Depois, levei ao forno por uns 40 minutos, até a massa ficar douradinha e o queijo gratinar. Dá para congelar a quiche já pronta e reaquecer no forno (descongelada) para servir.

 

Barrinha de granola

imgp1438

Ingredientes

200 gramas de granola sem açúcar

200 gramas de aveia

2 colheres de sopa de manteiga

2/3 xícara de mel ou melado

1/3 de xícara de bananas passas

1/3 de xícara de damascos

1/3 de xícara de cranberries desidratadas

1/3 de xícara de uvas passas

1/3 de xícara de castanhas do pará picadas

Rende uma forma grande de barrinhas


Modo de preparo

Misturar em um panela a granola, a aveia, o melado, a manteiga, as passas, as bananas e o damasco. Levar ao fogo até derreter bem a manteiga e começar a “dar liga”. Se precisar, acrescente um pouco mais de mel ou melado.

Acrescente o restante das frutas secas. Podem ser substituídas de acordo com a sua preferência. Misture bem. Forre o fundo de uma forma retangular com filme plástico. Disponha sobre o filme a mistura, pressionando bem na forma. Coloque um outro filme plástico por cima e leve à geladeira por cerca de uma hora. Depois, é só cortar em forma de barrinhas e servir. Eu enrolei cada uma em filme plástico para guardar assim na geladeira as porções individuais ou levar na bolsa/mochila para fazer lanchinhos. Fica uma delícia também misturada com iogurte natural.

Bolo de coco, passas e banana sem açúcar

imgp1415

Essa é mais uma versão do meu tradicional bolo de coco com banana, adoçado com passas. Mas, a diferença desta receita é a textura. O segredo é que eu usei coco fresco ralado em tirar maiores. Fica uma delícia. A textura fica meio bolo, meio quindim. Por isso é bem importante usar o coco dessa forma. Aqui em Blumenau eu encontrei coco fresco ralado em tiras mais grossas congelado na Padeirito. Fica uma delícia!!!

Ingredientes

250 gramas de coco fresco ralado em tiras grossas

1/2 copo de iogurte natural

4 colheres de sopa de polvilho doce

2 ovos

1 punhado de uvas passas (vai ao seu gosto, ela vai servir para adoçar o bolo)

1 colher de sopa de manteiga

2 colheres de sopa bem cheias de nata

1 colher de chá de baunilha (opcional, mas cai super bem)

2 colheres de chá de fermento para bolo

4 bananas ou o suficiente para forrar o fundo de uma forma (cortadas em fatias, no sentido do comprimento)


Modo de preparo:

Misturar todos os ingredientes, menos a banana. Deixar o fermento por último. Cortar as bananas e forrar uma forma untada com azeite. Despejar a massa por cima e levar ao forno médio (180 graus) por cerca de 40 a 50 minutos ou até ficar douradinho por cima.

 

Risoto de Quinoa com Cogumelos

imgp1423

O conceito básico dos meus risotos de quinoa é substituir o arroz pela quinoa. A técnica é basicamente a mesma de um receita tradicional de risoto. Neste eu só não coloquei queijo e manteiga no final, para ficar mais leve.  Fica uma delícia e é mais uma daquelas receitinhas que dá pra fazer com o que tiver em casa: frango, carne, legumes, etc…

Ingredientes

1 xícara de quinoa

250 gramas de cogumelos frescos de sua preferência

1 xícara de caldo caseiro (de carne, legumes ou frango)

um fio de azeite para refogar

1 cebola

salsinha/cebolinha a gosto

sal a gosto

 

Modo de preparo

Deixe a quinoa de molho por uns 30 minutos e descarte a água. Reserve. Refogue a cebola picadinha no azeite e acrescente os cogumelos (aqui eu usei uma mistura, mas você pode usar o de sua preferência: cogumelo paris, shitake, shimeji, etc…). Acrescentar a quinoa escorrida e o caldo. Deixar cozinhar até o líquido secar. Experimente, se ainda não estiver macio, acrescente mais um pouquinho de água e cozinhe. Acerte o sal. Desligue o fogo e acrescente a salsinha e a cebolinha picadas. Na hora de servir, jogue mais um fio de azeite por cima para levantar o sabor.

Panqueca de farinha de coco

img_0614

Gente, ando meio sumida, eu sei… Muito trabalho, atividades extras, mudança de apartamento… Assim que as coisas acalmarem prometo voltar com mais receitinhas!! Por enquanto, deixo aqui para vocês essa super prática de panqueca de farinha de coco.

Ingredientes:

1 ovo

1 colher de sopa de farinha de coco

1 colher de sopa de polvilho (doce ou azedo)

Salsinha/cebolinha (opcional)

Rende uma panqueca

Modo de preparo:

É só misturar tudo e fritar em uma frigideria antiaderente. É uma delícia para o café da manhã. Na foto, servi com uma colher de queijo quark.